“A Chave Do sucesso Jóia É se Adaptar Ligeiro Ao Mercado E A Diferenciação”

"A Chave Do sucesso Jóia É se Adaptar Ligeiro Ao Mercado E A Diferenciação" 1

“A Chave Do sucesso Jóia É se Adaptar Ligeiro Ao Mercado E A Diferenciação”

—Qual é a origem de Prata Pura? —Foi uma emoção guardada anos e em 2008 se verificaram as ocorrências pra lançar a nossa marca. Antes fabricábamos para algumas empresas. Somos a segunda criação de uma família dedicada à joalheria desde os anos 50, mesmo que, ao fazer Prata Pura demos um giro radical ao nosso modelo de negócios. Passamos a trabalhar para nós mesmos: projetando, fabricando e distribuindo jóias em prata, principalmente.

—E como escolheram lançar-se a este projeto em plena crise joalheira e da economia em geral? —Encontramos uma máquina, que não é habitual nas fábricas de jóias, e foi o empurrão que faltava. Efetivamente, achamos que só há três dessa maneira em Portugal. Com ela conseguimos peças muito volumosas, entretanto de insuficiente peso. —Como foi a da organização em 2013 e qual a suspeita para 2014? —O faturamento foi de 8% a mais que em 2012, a abertura de novos mercados externos, visto que os nossos números em Portugal baixaram, e a estreia de duas algumas marcas. Para 2014, esperamos ampliar as vendas em no mínimo 7%. O exercício começou super bem.

  • Fev.2009 | 16:07
  • 1 Características e acessórios
  • Angústia de cabeça
  • Prontamente vai ser mais rápido pra gravar uma edição com o Editor Visual. T68914 [9]
  • Tempos de convites
  • Segundo você, a magia é uma ferramenta de comunicação competente
  • As Palmas não
  • Muito proveitoso pra combinar com outros modelos de negócios na web

Ademais, preparamos uma nova marca e outra linha de negócio, que é uma quota voltar para o que fazíamos antes, projeto e fabricação a terceiras empresas, e uma mais dedicada a brindes da empresa. Entre postos diretos e indiretos, temos por volta de doze trabalhadores.

, São bons números, nestes tempos. A chave do sucesso em jóias nesta condição, qual é? —Adaptar-se rapidamente às demandas do mercado e, sobretudo, diferenciação. Em 2008, não havia ninguém no mercado usando o nosso processo de fabricação ou com projetos tão ousados como os que fazíamos.

Éramos e ainda somos tão diferentes que surpreendemos ao freguês. —A diferenciação costuma estar ligada à inovação. O que significou esta última para vocês? —A inovação em produtos de Prata Pura e a diferenciação são o que permitiu que a nossa marca descobrir um nicho no mercado.

Tais como, nos diferencia de prata que usamos. É de 999 milésimos e o normal é de 925. Daí, o nome da marca. Usamos prata pura. Não está com liga de cobre, que é como se costuma trabalhar. É mais cara, porém também damos um item de mais característica.